Resenhas

Resenha do livro O Julgamento de Gabriel, de Sylvain Reynard

23 de fevereiro de 2015

O romance entre Gabriel Emerson e Julia Mitchell ficou cada vez mais intenso desde os obstáculos que eles superaram em O Inferno de Gabriel, primeiro volume da série escrita por Sylvain Reynard. Dessa vez, a história vai muito além de um romance entre duas almas que buscam a redenção, mas de duas pessoas que devem enfrentar os medos do passado sem perder o amor que foi construído em uma frágil base de confiança.

Após a romântica viagem que eles fizeram, além das festividades de fim de ano, Julia e Gabriel retornam para a realidade, em que eles possuem certeza que o relacionamento vai ser manter forte e estável apesar de alguns fantasmas do passado continuarem em segredo. O resultado, como esperado, não foi um dos melhores. Novos obstáculos surgem e ameaçam a fragilidade de um romance entre duas pessoas que precisam lidar com seus próprios medos e receios.

Em O Julgamento de Gabriel, Sylvain Reynard investe em uma narrativa que explora os desenvolvimento e amadurecimento dos protagonistas ao longo dos capítulos. O romance continua presente, mas desse vez abre espaço para questionamentos sobre amor, confiança e segredos que podem machucar, mas precisam ser revelados.

A base cultural da trama continua sendo muito bem desenvolvida e isso me faz ficar cada vez mais apaixonada pela história. Se você gostou do primeiro volume, pode ter certeza que não vai se decepcionar com a continuação!

Resenha escrita por Bianca Branco – hellostar.org ©

Resenhas

Resenha do livro A verdade sobre nós, de Amanda Grace

22 de fevereiro de 2015

Já se imaginou lendo um livro que, na verdade, é escrito em formato de uma carta? Pois é assim que começa a narrativa de A verdade sobre nós, de Amanda Grace. Quem me acompanha nas redes sociais sabe que minhas expectativas eram altas em relação ao livro. A história não surpreende, mas também não decepciona.

Madelyn Hawkins, protagonista e responsável por toda narrativa, é uma adolescente prodígio que sempre fez tudo de forma correta, sem nunca decepcionar os grandes sonhos de seus pais para seu futuro acadêmico. Com apenas 16 anos, ela realizou uma inscrição em um programa escolar que a ajudaria avançar o ensino médio e entrar direto para a faculdade. O problema é que ela não se sentia feliz com as escolhas impostas pelos seus pais, principalmente toda pressão para que ela nunca, jamais, tivesse a oportunidade de cometer um erro, por mais pequeno que fosse. Sua imagem sempre deveria ser perfeita em todos os aspectos (seja em notas, na vida escolar ou social).

Mas como toda adolescente, Madelyn acaba se apaixonando. Porém, não é por um cara qualquer, mas sim por Bennet Cartwright, um homem que conheceu durante suas corridas e que (por ironia do destino) veio a ser seu professor de Biologia na faculdade. Ambos tentam negar a atração que há entre eles, mas encontros e desencontros passam a tornar cada momento cada vez mais irresistível. Ele quer fazer tudo correto e pede apenas tempo para que eles possam começar um relacionamento corretamente. Ela mentiu sobre a idade para poder ter uma chance com sua primeira paixão. O que eles não esperavam é que as consequências desse amor fossem tão devastadoras.

Assim que comecei a leitura do livro, fiquei receosa de que a narrativa tivesse apenas como base as lamentações da protagonista que tenta conquistar perdão de um homem por quem se apaixonou. Eis que a autora vai muito além disso, desenvolvendo uma trama que não só aborda assuntos que podemos encontrar nos dias atuais (relação aluno-professor), como também traz personagens bem desenvolvidos que buscam lidar com as limitações de um romance proibido. É possível notar a sensibilidade de suas personalidades e o forte sentimento que surge entre eles, fazendo com que não consigam enxergar as consequências de atos que, aparentemente, parecem não ser tão perigosos.

Também achei bem interessante a autora explorar o relacionamento de Madelyn com a família, revelando um ambiente nem um pouco acolhedor em que todos julgavam as coisas pelas aparências, sem nunca deixar os defeitos aparentes.

Para quem busca romance com uma pitada de drama, fica a recomendação!

Resenha escrita por Bianca Branco – hellostar.org ©

Resenhas

Resenha do Livro O Olhar de Milo, de Virginia Macgregor

21 de fevereiro de 2015

Jamais imaginei que fosse me apaixonar por um protagonista mirim que traz uma bela história sobre como todos os problemas podem ter uma solução, mesmo que ela não seja tão fácil de ser alcançada. Em O Olhar de Milo, de Virginia Macgregor, é possível encontrar uma narrativa bem desenvolvida, em que temos amor, romance, comédia e drama na medida certa!

Milo é um garoto de nove anos completamente diferente de todas as crianças, pois ele vê o mundo de uma forma bem especial. Por ter retinite pigmentosa (uma doença que, com passar dos anos, deixa uma pessoa cega), ele enxerga tudo como se estivesse olhando pelo “buraco de uma agulha”. Porém, isso fez com que sua audição e olfato se tornassem extremamente desenvolvidos ao ponto dele conseguir notar coisas que outras pessoas não conseguem ou não tem interesse em dar atenção. É assim que ele começa uma grande aventura ao lado de Hamlet (seu porquinho), Sandy (sua mãe que foi abandonada pelo marido, enfrenta problemas financeiros e de autoestima), Tripi (cozinheiro refugiado da Síria) e Al (um cara com um estilo de vida bem misterioso) para provar que o Lar Não Me Esqueças, casa de repouso que sua avó está hospedada agora, não é um lugar tão perfeito quanto aparenta ser.

Assim que recebi o e-mail da Editora Leya com os livros do mês para solicitação, logo me apaixonei pela sinopse desse livro. Tinha algo nela que me fez querer saber um pouco mais sobre a história de um menino que tinha tudo para ser um personagem sem perspectiva de um futuro melhor, mas que surpreende ao revelar uma personalidade forte e carismática. Milo luta por aquilo que acredita, mesmo quando todos ao seu redor insistam em desistir logo no primeiro obstáculo.

Outro ponto que me surpreendeu (e muito!) ao longo da leitura foi o fato da autora sempre apresentar um personagem e sua história de vida, não importando se ele fosse apenas passageiro.

Impossível não terminar a leitura sem refletir sobre as grandes lições que são apresentadas com o passar dos capítulos. E agora, você está preparado(a) para ver o mundo como Milo?

Resenha escrita por Bianca Branco – hellostar.org ©

Notícias

Confira: descontos em livros na Saraiva!

20 de fevereiro de 2015

Para quem me acompanha no canal do blog no Youtube, sabe que nesse ano decidi criar metas de leitura e separar um determinado valor todo mês para comprar livros. E é claro que para ter os meus favoritos em mãos, sempre pesquiso promoções em vários sites. Para quem ainda não viu, a Saraiva está com diversos descontos nos livros mais vendidos e em outros que estão em pré-venda. Já aproveitei para adquirir os meus (eles podem ser vistos no Book Haul do mês de Fevereiro) e separei alguns aqui no blog que tenho certeza que vocês vão adorar:

Gostaram das dicas? Para quem quiser aproveitar, é só acessar esse link para conseguir os descontos! =)