Livro: A última Princesa
Autora: Galaxy Craze
Número de páginas: 248 – ISBN: 9788516082598
Editora: iD – Ano de lançamento: 2012

Quando um revolucionário implacável decide tomar o poder, ele faz da família real seu primeiro alvo. Muito sangue é derramado no Palácio de Buckingham e apenas a Princesa Eliza, de 16 anos, consegue escapar. Determinada a matar o homem que destruiu sua família, Eliza se junta às forças inimigas, disfarçada. Ela não tem mais nada pelo que viver a não ser vingança. Até conhecer alguém que lhe ajuda a lembrar o que é ter esperança – e amar – outra vez. Agora ela precisa arriscar tudo para que ela não se torne…

O ser humano não se importou com o meio ambiente – usando e abusando de seus recursos sem se preocupar com as consequências. Diante de tanto desmatamento e destruição, o mundo decide ensinar uma lição aos seus habitantes por meio de diversos desastres naturais que dizimam o planeta Terra. A Inglaterra se tornou um local sombrio e afastado de outros lugares que sobreviveram aos Dezessete Dias. Tudo mudou após os Dezessete Dias – quando a sociedade entrou em colapso. O sol raramente aparecia e cinzas formavam uma camada no solo. A comida era escassa – assim como a água – e os criminosos tiravam vidas como se fosse algo comum, simples. Uma nova era que mudaria a vida de muitas pessoas – principalmente a vida da família real.

A Princesa Eliza – protagonista do livro – é uma garota de dezesseis anos que vive com a sua família em um palácio e não sofre com a falta de alimento – como as demais pessoas – devido ao seu status. Porém, quando seu pai – o Rei – decide dar um baile no Palácio de Buckingham, Eliza confrontará o seu pior pesadelo – ser atacada por Cornelius Hollister – o homem que assassinou a sua mãe e quer ser o Rei da Inglaterra. Ao ver o seu pai sendo assassinado e seus irmãos – Mary e Jamie – sendo levados, Eliza foge e promete a si mesma que encontrará uma forma de vingar os acontecimentos da noite que mudou a sua vida. Porém, ela foi salva por um dos soldados de Cornelius – um garoto que lhe deu a chance de sobreviver.

Após notar que sua família teve atitudes egoístas quando não cederam comida ao seu próprio povo – e ter sentido na pele como o mundo tinha mudado – Eliza se infiltra no exército de Cornelius – e acaba conhecendo o sistema atual – além da crueldade que passou a habitar a alma de cada pessoa que já teve bondade no coração. Elaborando um plano para terminar com o objetivo de Cornelius – e tentar salvar o seu povo de um futuro Rei psicopata – ela terá que enfrentar situações inesperadas e sempre manter a esperança viva – por mais que seja difícil acreditar na vitória. Eliza será capaz de salvar o seu povo? Ou ela se deixará levar por um amor impossível?

O mais interessante é o ambiente escolhido pela Galaxy Craze – autora do livro. A Inglaterra está tão destruída que lembra o passado – quando era possível sobreviver sem a interferência da tecnologia. Entretanto, senti que a autora correu demais com a trama e isso não era necessário – já que o livro é o primeiro de uma série. Os personagens secundários não são bem desenvolvidos e vários mistérios ficam com a promessa de um desfecho futuro. Apesar de possuir esse ponto negativo, a história tem tudo para ser inesquecível – só basta a autora aproveitar a trama nos demais livros!

“A última Princesa” foi um livro que me surpreendeu em diversos aspectos. A trama é tão, mais tão envolvente, que eu finalizei a leitura no mesmo dia em que recebi o livro! Comecei a ler por curiosidade e – de alguma forma – não conseguia abandonar as aventuras da protagonista. Eliza foge do protótipo da Princesa que precisa ser salva por um Príncipe. Ela é forte e – apesar de nunca ter enfrentado situações extremas – demonstra que é capaz de vencer os obstáculos de um lugar sem esperança para salvar as pessoas que ama.

Para quem gosta de ser surpreendido, não pode deixar de conferir “A última Princesa”!

Resenha escrita por Bianca Branco – hellostar.org ©